DESTAQUES

Postagens em Destaque

domingo, 21 de fevereiro de 2021

A EXISTÊNCIA DE GIGANTES


A existência de gigantes é mais científica do que parece! Na verdade é tão simples que não precisa de contos místicos ou fantasiosos. 

Tudo pode ser explicado pela simples lei da DEGENERESCÊNCIA. Ou seja, tudo que se multiplica, degenera e enfraquece, é um processo natural da matéria. 

É científico, é provável.

Os povos do passado eram muito mais fortes, porque a natureza como um todo era mais forte! 

Quanto mais voltar no tempo, mais próximo da pureza e perfeição! não havia poluição. A Terra e os seres eram "virgens"! ar "puro", água "pura", terra "pura" as formas eram muito diferentes! os seres eram robustos, fortes, viviam séculos, milênios. 

O organismo não apodrecia como hoje! 

Conforme a natureza veio degenerando pelas multiplicações das gerações, seja vegetal, animal ou mineral, tudo veio decaindo, minguando, enfraquecendo naturalmente. 

A pseudo ciência tenta nos passar uma ideia mentirosa de que no passado vivia-se menos! 

Sim, no passado próximo quando a degeneração e os venenos da poluição começaram a causar as doenças e a medicina não estava evoluída, aí sim! mas no passado remoto, longínquo, a duração e a força era muito maior, animais e vegetais gigantes. 

No Livro "Universo em Desencanto" está tudo isso explicado muito bem, com muita propriedade! 


"Tudo chega ao seu fim. Há trezentos anos passados, a natureza era mais forte. Há seiscentos anos, mais forte ainda. Há novecentos anos, ainda mais forte. Quanto mais distantes as eras se tornam de nossa época, mais forte era a natureza, mais poderosa em tudo do que é atualmente. 

Os humanos duravam muito mais, a sua construção era de gigantes e Hércules, era um povo rústico, pacato e calmo. Mas dessas datas para cá, tudo minguou cada vez mais, e tudo minguando pelo progresso da degeneração. O filho é mais fraco que o pai, por ser feito pelos restos de seu pai; o avô, mais forte que o filho e o neto, por serem estes, produtos dos seus restos; e o bisavô, o tetravô, cada qual mais forte e assim sucessivamente." 

(Pág. 267/268, 1°. Volume, Livro UNIVERSO EM DESENCANTO, autor: RACIONAL SUPERIOR).




( Ricardo Plácido)





TRECHOS RACIONAIS! A FASE ESPACIAL DA NATUREZA

TRECHOS RACIONAIS!  "Quem se baseia pelas coisas naturais da natureza, dizem que está errado e quem está fora dela, é que está certo. Q...